segunda-feira, 19 de agosto de 2013

JOVEM É MORTA COM TIRO NA CABEÇA EM MOTEL

O corpo da garota foi encontrado na suíte de número 5 logo após o atirador fugir do local em uma motocicleta. A Polícia cercou o local com várias viaturas do Ronda do Quarteirão, mas o assassino não foi ainda localizado Fotos: Fabiane de Paula
Mais um crime contra mulher, com suspeita de motivo passional, foi registrado pela Polícia em Fortaleza. Foi o segundo caso na capital em uma semana.

O crime aconteceu na manhã de sábado, quando uma jovem, de identidade ainda desconhecida, aparentando ter entre 18 e 20 anos, foi assassinada, com um tiro na cabeça, na suíte de número cinco do ´Charme Motel´, localizado na Antônio Neri, 240, bairro Granja Portugal.

Investigação

O autor do crime fugiu pilotando uma motocicleta. Ainda com a arma na mão, ele rendeu a recepcionista do estabelecimento e a obrigou a abrir o portão.


O homicida estava pilotando a motocicleta Fan de cor preta e placa HXV-2534. O major PM Ricardo Moura, supervisor do Comando de Policiamento da Capital (CPC), manteve contato com membros da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin) e o suposto proprietário do veículo foi localizado, porém não foi reconhecido como sendo o autor do homicídio.

Na verdade, a motocicleta ainda estava no nome do antigo proprietário. Aos policiais, ele disse que tinha deixado o veículo em uma revendedora localizada na Avenida Augusto dos Anjos, na Parangaba.

"Estamos realizando diligências para localizar a pessoa que comprou a moto na revenda. Esta é, provavelmente, a autora do crime no motel", afirma o major Ricardo Moura.

Moradores das proximidades foram ao local do crime em busca de informações, mas nenhum deles reconheceu a vítima. A garota, que tinha em torno de 20 anos, foi atingida por um tiro na cabeça, segundo comprovou a Perícia Forense (Pefoce)
As informações colhidas pelo supervisor do CPC e pelo delegado Franco Pinheiro, diretor adjunto da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), dão conta que o casal, há pelo menos seis meses, frequentava o motel mais de uma vez por semana.

A perita Sônia Silva, da Coordenadoria de Criminalística (CC), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), informou que a vítima não portava documentos. No local do crime, foram recolhidos o celular da jovem e uma cueca, provavelmente pertencente ao homicida.

A garota levou um tiro no lado do ouvido direito. O projétil ficou alojado no lado oposto. A vítima teve morte instantânea. Tudo leva a crer que o motivo do crime foi passional.

Outro
Há uma semana, uma mulher, identificada como Sandra Helena Queiroz, 42, foi assassinada em plena Avenida Dedé Brasil, no bairro Serrinha, nesta Capital. Segundo apurou a Polícia, o principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima, um comerciante da cidade de Quixadá, que permanece foragido.

Nove mulheres foram assassinadas em 7 dias

Em apenas sete dias, nove mulheres foram assassinadas no Ceará, sendo três crimes em Fortaleza (nos bairros Serrinha, Bela Vista e Granja Portugal), quatro na Região Metropolitana (todos em Caucaia) e dois no Interior do Estado (nas cidades de Tururu e São Benedito). A maioria dos homicídios permanece sem autoria conhecida.

Na última segunda-feira, Sandra Helena Queiroz, 42, foi assassinada no bairro Serrinha FOTO: ALEX COSTA
A sequência de mortes violentas de mulheres começou na manhã de segunda-feira última, por volta de 6h30, quando a dona de casa Sandra Helena Queiroz, 42, foi morta, a tiros, em um ponto de ônibus na Avenida Dedé Brasil, no bairro Serrinha.

Na madrugada de terça-feira, uma adolescente de 17 anos, identificada como Jenecléia dos Santos Gonçalo, foi assassinada, junto com dois homens. O triplo homicídio ocorreu no bairro Bela Vista, em Fortaleza.

Na quarta-feira (14), o corpo de Francisca Camila de Oliveira Mesquita, 28, foi encontrado, com vários golpes de faca, em Tururu (125Km de Fortaleza).

Ainda na tarde de quarta-feira (14), a dona de casa Maria Vilanice Marques de Sousa, 23, foi executada, com vários tiros, no bairro Mestre Antônio, em Caucaia. Na quinta-feira (15), a adolescente Larissa Jennifer Silva de Araújo, 16, e seu primo, José Lucas de Oliveira Ramos, 15, foram encontrados mortos, com tiros e sinais de tortura. O duplo homicídio ocorreu às margens do Anel Viário, em Caucaia.

Na manhã de sexta-feira, o corpo de uma mulher, despido, foi localizado em um lamaçal no bairro do Açude, em Caucaia, com suspeita de estrangulamento e de estupro. No sábado, além da mulher assassinada no motel, na Granja Portugal, outra jovem foi fuzilada junto com um rapaz no Parque Potira, em Caucaia. Os corpos estão ainda sem identificação. Ontem, uma mulher foi assassinada em São Benedito.



Fonte: DN
Blog Combate Policial

Siga a página do blog Combate Policial no Facebook



0 comentários: